É num dia qualquer que você acorda e tem uma sensação de que não está fazendo nada pelo mundo. Sente que tem um bocado de coisa a ser feita, mas pensa que é difícil fazer sozinho. No fundo, você quer fazer algo incrível e ser notado por isso. Você já começou a fazer, aqui e agora. Só não sabe ainda. Mas vamos em frente.

Se você chegou até aqui é porque acredita na comunidade e em relações verdadeiras, seja ela online ou offline. Você tem uma certa expectativa sobre movimentos que geram mudanças no mundo, para que ele possa ser minimamente aquilo que você quer que ele seja. São movimentos que fazem você pertencer. Movimentos com pessoas que acreditam numa causa.

Mas de que adiantam movimentos com boas causas, se existe muita desconexão com o mundo em volta delas? Vai haver pessoas que acreditam na mesma causa que a sua e outras não. Se você mora em uma cidade como São Paulo, por exemplo, sempre parece que alguém está fazendo alguma coisa, mas ninguém está fazendo essa coisa junto.

E então, como esta divisão pode ser quebrada? É preciso se conectar com as pessoas certas, para dividir diferentes realidades e entender que o mundo é incrivelmente grande, muito maior do que costumamos imaginar. É preciso estar disposto a romper essas paredes de isolamento para criar algo que seja inclusivo e não necessariamente exclusivo.

Ai você pensa: e se houvesse uma comunidade com o compromisso de incluir outras pessoas, sem prejudicar ninguém, mesmo que os pontos de vista e crenças fossem diferentes? Pense em conversas, relacionamentos e as possibilidades que nascem a partir desta comunidade que quer fazer a diferença no mundo.

É aqui que entra o Antility.

O movimento já existia dentro de cada um, mas ele cresceu com uma conversa. Talvez algumas. A nossa inquietude começou a ganhar força para se juntar a vontade de querer mudar, fazer diferente e fazer maior. Depois de alguns Instameets, essa ideia tocou ainda mais a gente. E se a gente se unisse por uma causa, para quebrar as divisões na tentativa de tornar o mundo em um lugar melhor?

Começamos a nos conectar com outras pessoas no Instagram que também queriam fazer a diferença. O que nos guiava era a beleza em suas fotos, o poder das palavras e o senso de comunidade. Saímos do lugar de questionamento e movimentos desordenados, para começar a construir novos relacionamentos com pessoas ao redor do mundo por meio do smartphone. É incrível notar a quantidade de pessoas com quem podemos nos conectar, queiram elas mudar o mundo ou não.

Você já assistiu Vida de Inseto? As pequenas formigas não sabiam o quão poderosas elas eram até entenderem a sua força como coletivo.

Se tivermos formigas em todos os lugares, a gente pode dar o nosso recado alto… realmente bem alto! Esse movimento não poderia conectar todos nós apenas digitalmente, mas criar movimentos no tempo que vão nos permitir estar presentes fisicamente e conhecer outras pessoas cara-a-cara. Isso sim nos permite criar relacionamentos verdadeiros e duradouros. Isso é uma comunidade comprometida em ajudar a empoderar o próximo e a se mobilizar como parte de um movimento com propósito único de tornar o mundo em um lugar melhor.

Passamos os últimos meses conversando até tarde da noite por telefone, email, Slack e Hangout dividindo essa visão. Um a um, as pessoas entravam para o movimento. Começamos a montar a estrutura de um time global que iria ajudar a empurrar a mensagem do Antility pra frente.

O Antility não é feito para o singular, mas para o plural de uma causa única. Ele nasce de um movimento que já acontece dentro de cada um de nós. Somos muito mais que uma plataforma e um conceito. Somos um movimento com propósito, iniciado por pessoas como você que querem fazer a diferença no mundo em que vivem, por meio de uma paixão em comum. E para quem perguntar o que é Antility, a resposta é fácil. Você é Antility. Você é o movimento.

Em nossa essência, nós acreditamos que a comunidade tem o poder de mudança. A comunidade ensina por meio dela mesmo. Nós queremos voltar em nossa essência e focar naquilo que acreditamos, que é o poder de mudança por meio de conversas. Quando você encontrar alguém, o convide para conversar, conhecer o Antility e seguir se gostar.

O Antility acredita que você é importante simplesmente pelo fato de você existir e que você deve estar satisfeito com o mundo em que você vive. Nós somos apaixonados pelo fato de que você nunca estará sozinho. O Antility foi criado para você fazer parte de um movimento que gera impacto. Estamos comprometidos em fazer o senso de comunidade valer para a humanidade. O que podemos fazer juntos, sempre será maior do que aquilo que fazemos sozinhos.


O movimento está aqui. O movimento é agora. Isso é Antility.