POR DENTRO DA COLÔNIA: @IZABELAFARDIM

HOJE É DIA DE VISITAR NOSSA COLÔNIA E CONHECER UM POUCO MAIS SOBRE A IZABELA FARDIM, DE VITÓRIA, ESPÍRITO SANTO.

Qual é a sua história?

Meu gosto pela fotografia começou há cerca de 7 anos, como um hobby, tirava fotos para me libertar do cansaço da rotina e para expor meu olhar sobre coisas que todo mundo vê, mas enxerga de jeitos diferentes. Hoje, estou concluindo minha faculdade de engenharia civil e carrego a fotografia como profissão. Posso afirmar que isso me traz uma imensa satisfação.

Como você descreveria seu estilo fotográfico?

Não carrego um estilo só, fotografo o que acho interessante e o que me traz boas sensações. Minhas fotos favoritas são as que estou com minha irmã, pois além de gêmeas, partilhamos da mesma paixão.

Você tem algum projeto que gostaria de dividir?

No momento, não tenho nenhum projeto de autoria própria, mas procuro fazer parte de alguns que me identifico. Sempre que possível, procuro participar de meets, é incrível!

Quais são os Instagrammers que mais te inspiram e por quê?

Para mim, a comunidade representa uma escola, onde todos nós podemos aprender e buscar inspirações. A forma como cada um expõe seu olhar, me fascina, além da oportunidade de criar novos contatos e amigos que certamente levarei para sempre. Entre tantos perfis que admiro, destaco o Dan (@dmoraes), o Bruno (@brunogoomes) e o Tato (@vijanueva), a singularidade de cada um me encanta.

Se você pudesse dar um conselho para alguém que está começando a fotografar, qual seria?

Procure explorar os lugares que te atraem e conhecer outros nunca explorados, cada canto carrega particularidades únicas. Deixe-se levar, e claro, não perca um único momento. Para o tratamento final, o app que mais utilizo é o VSCO, mas tenho me rendido ao Polarr.

Continue visitando nossa colônia e acompanhando a Izabela em seu perfil no Instagram.